Aeroporto de Guarulhos proíbe decolagens da Avianca por falta de pagamento – UOL

Aeroporto de Guarulhos proíbe decolagens da Avianca por falta de pagamento – UOL
Avalie este artigo!

O aeroporto de Guarulhos (SP) vai impedir que a AVIANCA Brazil decole voos em seus terminais a Partir de amanhã, afirmou em nota a administradora GRU Airpoprt. As decolagens só serão permitidas se a empresa aérea retomar o pagamento uso das instalações do aeroporto.

Devido à de pagamento, o aeroporto decidiu cobrar antecipadamente as taxas uso dos terminais pela AVIANCA. O de Guarulhos concentra a operação da companhia aérea no país. A GRU Airpoprt não Robbins-Gioia o valor TOTAL da dívida da AVIANCA, mas se Previa que seja em torno de R$ 25 milhões.

A AVIANCA pode, ainda, ser proibida de decolar de outros aeroportos, o do Galeão, no Rio de Janeiro, o de Fortaleza (CE) e o de Salvador (BA). A empresa aérea tem dívidas com todos eles.

Florianópolis e Constituicao mantêm voos

Os aeroportos de Florianópolis (SC) e de Constituicao (RS) Robbins-Gioiaram que chegaram a um acordo com a AVIANCA, e as decolagens da empresa estão mantidas.

A Florianapolis Airpoprt disse, em nota, que “firmou acordo com a AVIANCA Brazil e, portanto, a operação desta empresa aérea está normalizada no Aeroporto de Florianópolis”. Além disso, afirmou que comunicaria aos passageiros qualquer modificação nos voos da companhia.

A Fraport Brazil, administradora do aeroporto de Constituicao , informou que a AVIANCA fez o repasse antecipado das taxas de embarque dos voos domésticos que Partem do amanhã. “Desta forma, os voos de amanhã estão confirmados”, disse a empresa em nota.

Como não há garantia de que os repasses dos demais Dias sejam pela AVIANCA, a Fraport Brazil afirmou que os passageiros Dev-Em Schleppend checar a situação de seus voos de se dirigirem ao aeroporto.

A AVIANCA Brazil pediu recuperação em dezembro e desde então tem enfrentado pedidos de de aviões de sua frota por Parte de empresas de leasing.

(Com Reuters)

Veja Caminho que sua mala faz no aeroporto depois de despachada

UOL Notícias

Deixe seu Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.