Dengário é inaugurado para desafogar UPas – cotidiano – ACidade ON

Dengário é inaugurado para desafogar UPas – cotidiano – ACidade ON
Avalie este artigo!

Polo especial é montado para atender pacientes com suspeita de dengue em Araraquara (Foto: Paula Cardoso)

Começou a funcionar nesta segunda-feira (4), o Polo Estratégico de Atendimento aos Pacientes com Dengue em Araraquara, conhecido como dengário, que foi instalado na sede da Vigilância Epidemiológica, ao lado de Centro de Eventos, na Fonte Luminosa. A intenção é desafogar as Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) que estão sobrecarregadas por conta dos atendimentos aos pacientes com suspeita de dengue.

Em janeiro, Araraquara registrou mais de 354 casos de dengue, o levou a tomar ações emergenciais para tentar conter o avanço tão expressivo da doença e atender aos doentes.

Natália Tomazini Rios, enfermeira responsável pelo dengário, explica que o local irá funcionar de segunda-feira a sexta-feira das 07h às 17h. “O atendimento ocorre por demanda espontânea, ou seja, a pessoa não precisa de encaminhamento médico das Upas. Todos os que estão com suspeita de dengue podem vir direto para ao polo que serão atendidos”, diz ela.

Os pacientes com suspeita de dengue chegam ao dengário, passam por triagem e são encaminhados para o atendimento específico, seja médico, exame ou medicamentos e hidratação.

A dona-de-casa Márcia Maria Poltronieri, de 49 anos, chegou cedo com a sua filha, Kauane de 7 anos. A menina passou mal no final de semana e a mãe foi buscar atendimento. “Já levei ela na UPA e me encaminharam para cá. Esperamos as medidas necessárias para que minha filha melhore”, diz.

Já Luiz Gustavo Leopoldo, marceneiro de 41 anos, foi direto ao dengário buscar atendimento para os pais. O casal de idosos está mal com suspeita de dengue. “Minha esperança é que eles tenham atendimento necessário”, afirma.

Ampliado
Além do dengário, quatro Centros Municipais de Saúde, situados em bairros com maior disseminação do vírus da dengue estão operando em horário estendido até às 19h.  

As unidades com o horário ampliado são: CMS “Dr. Genaro Granata”, no Jardim Paulistano; CMS “Dr. Marcelo Edgar Druet”, no Jardim América; CMS “Enfermeira Kimiko Yuta”, no Jardim Iguatemi; e CMS “Dr. Ruy de Toledo”, no Jardim Roberto Selmi Dei I.  

Pacientes com febre, mal-estar e dores no corpo, por exemplo, podem ser atendidos nas unidades de saúde dos bairros. Caso haja sangramento e dor abdominal intensa, entre outros sintomas que possam necessitar de internação, é recomendado ir a uma das três UPAs (Central, Vila Xavier e Valle Verde) ou ao polo especial, montado na Fonte.

Denúncias
Para tentar conter o avanço da doença, a Prefeitura disponibilizou ainda um número de telefone para denúncias de locais com focos do mosquito: (16) 99760 1190. Por meio desse número, que recebe mensagens via WhatsApp, o morador pode denunciar criadouros.

“O site não se responsabiliza pela opinião dos autores.
Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso.”

Deixe seu Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.