PortalDFM

Em fase de desmonte, Lava Jato libera Léo Pinheiro da prisão em Curitiba

O ex-presidente da OAS Léo Pinheiro, após três anos de prisão, foi solto nesta terça-feira (17). O empresário deixou a carceragem da Polícia Federal em Curitiba dias depois de ter seu acordo de delação premiada homologado pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin. O acordo de delação premiada de Léo Pinheiro integrou o cenário de ofensiva da Lava Jato contra o ex-presidente Lula.

As declarações de Léo Pinheiro endossaram a farsa montada em torno do caso do tríplex do Guarujá, litoral de São Paulo.
O ex-presidente da OAS vai ficar preso em casa e utilizará tornozeleira eletrônica. Um familiar foi a Curitiba buscar Léo. Ele teve nesta tarde a audiência com o juiz da execução e depois seguiu para São Paulo, onde mora sua família, segundo o Globo.
LEIA TAMBÉM:
PT vai denunciar procuradora que redigiu pedido de impeachment de Gilmar Mendes
Moraes homologa acordo que destina fundo bilionário da Lava para educação e Amazônia

Deputados petistas se manifestam após Temer admitir golpe contra Dilma
O empreiteiro foi preso duas vezes pela Lava-Jato. A primeira em novembro de 2014, quando passou cerca de quatro meses na prisão. A segunda foi em setembro de 2016.
Léo Pinheiro informou também que leu cem livros na prisão.

Fonte: https://www.esmaelmorais.com.br/2019/09/em-fase-de-desmonte-lava-jato-libera-leo-pinheiro-da-prisao-em-curitiba/

PUBLICIDADE

CADASTRE-SE ABAIXO

Receba dicas, promoções e notificações de novos conteúdos em nosso site.